Sidebar

19
Qua, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Teve início nesta quarta-feira (27), o Seminário Nacional de Saúde e Segurança do Trabalhador e da Trabalhadora: Desafios e Perspectivas parte do calendário de atividades que marca o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças de Trabalho. A CTB, uma das organizadoras da atividade é representada por Elgiane Lago, secretária de Saúde do Trabalhador.

Durante a cerimônia de abertura, foram lembradas as 19 vítimas da tragédia da Samarco, que após rompimento de barragem despejou toneladas de dejetos de mineração no Rio Doce. A lama tóxica invadiu distritos, destruindo casas e afetando milhares de vidas.

Para Elgiane, a escolha do local para marcar a data não poderia ter sido melhor. "O fato de ser realizado em Mariana é significativo pelo ocorrido a seis meses atrás na Barragem de Samarco. A luta pelas vítimas da tragédia não pode ser esquecida e precisa ser constante", reforçou.

Além de visita ao distrito de Bento Rodrigues, ponto zero da tragédia, haverá debates sobre diversos temas nesta quarta-feira (27) e uma Audiência Pública da Assembleia Legislativa de MG no centro de Mariana para debater o cenário atual e o desenrolar da situação das famílias vítimas da Samarco.

O Seminário é promovido pelo Fórum Sindical e Popular de Minas Gerais, o Fórum Nacional e Saúde do Trabalhador das Centrais Sindicais, com apoio de várias entidades e instituições, ocorrerão de 26 a 28 de abril, nas cidades de Ouro Preto e Mariana, Minas Gerais. No dia 27 as entidades realizam o "Seminário Nacional de Saúde e Segurança do Trabalhador e da Trabalhadora", em Ouro Preto/MG.

Cinthia Ribas - Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.