Sidebar

16
Dom, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

“Organizar a luta da classe trabalhadora contra as reformas do governo Michel Temer”. Esse será um dos objetivos da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), durante sua participação no Fórum Social das Resistências - por democracia e direitos dos povos e do planeta, que ocorre de 17 a 21 de janeiro em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. 

De acordo com o presidente da CTB-RS, Guiomar Vidor, que irá mediar a mesa de debate "Os desafios da classe trabalhadora diante da ofensiva neoliberal”, o espaço será um importante momento de reflexão contra a ofensiva neoliberal e o papel dos movimentos sociais em defesa dos direitos.

“Vamos aprofundar o debate sobre a atual conjuntura política brasileira. A sociedade precisa compreender a gravidade do momento”, disse Vidor ao lembrar das reformas que o governo sem votos Michel Temer tenta implementar no país.

Segundo ele, é preciso que todos os setores da sociedade estejam unidos para barrar os retrocessos que atingirão, principalmente, a classe trabalhadora. O presidente nacional da central, Adilson Araújo, também participará da atividade.

A Plenária da CTB-RS será realizada no dia 17 a partir das 9 horas, no auditório da Fetag e contará com a presença do presidente da CTB, Adilson Araújom, da pesquisadora da UFRJ, Denise Gentil; do Senador Paulo Paim, do deputado Assis Melo; da assessora jurídica e do presidente da Fetag, Jane Berwagner e Carlos Joel, respectivamente.

Confira a programação completa:

Programação:

17 de Janeiro 
17hs – Marcha dos Povos em Resistência – Largo Glênio Peres
19hs – Ato por Democracia e Direitos dos Povos – Largo Zumbi dos Palmares

18 de Janeiro 
9hs – Análise da Conjuntura Internacional – Auditório Araújo Viana
Dinâmica: falas provocativas sobre as dimensões do poder econômico, poder político, poder militar e poder social no mundo; Momento de discussão coletiva em pequenos grupos com perguntas orientadoras; Conclusão com 15 a 20 falas de 5 minutos refletindo os debates;
14hs – Análise da Conjuntura da América Latina – Auditório Araújo Viana
Falas de representações dos países da América Latina composta por militantes dos movimentos sociais, intelectuais e pesquisadores;
Conclusão com 15 a 20 falas sobre perguntas orientadoras;

19 de Janeiro 
9hs Plenárias das Resistências – Vários Espaços
Realização de várias plenárias temáticas sobre as lutas e resistências em andamento no Brasil, na América Latina e no Mundo;
Cada Plenária deverá produzir um relatório síntese com base em duas ou três perguntas orientadoras;
14hs – Assembleia dos Povos Luta e Resistências – Auditório Araújo Viana
Apresentação dos relatórios sínteses das plenárias de resistências sobre os debates;

20 e 21 de Janeiro 
9hs as 17hs – #OcupaParqueFarroupilha – Atividades Autogestionadas –
17hs – Ato de Encerramento – Parque Farroupilha

Outras informações no site oficial do evento

Portal CTB

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.