Sidebar

18
Sex, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Viraliza na internet vídeo de um encontro com o tema "O direito à cidade", no Sindicato dos Arquitetos do Estado de São Paulo, onde o prefeito da capital, Fernando Haddad, desmentiu o jornal "O Estado de S. Paulo", que publicou recentemente uma reportagem na qual o prefeito afirma que a palavra golpe seria muito forte para o que está acontecendo no Brasil.

Para mostrar que a mídia faz parte da trama, ele afirmou: “É golpe, pô. Por que estão descumprindo a Constituição em um quesito básico”.

Haddad atacou o jornal: "Cada vez que dou entrevista para o Estadão, fico uma semana me explicando”. Ele afirmou também não entender a “edição” feita pelo diário da família Mesquita.

De acordo com o Estadão, o prefeito, que é candidato à reeleição, teria dito que “golpe é uma palavra um pouco dura, que lembra a ditadura militar. O uso da palavra golpe lembra armas e tanques na rua”.

Esse Estadão não se emenda mesmo.

Assista e entenda o papel da mídia burguesa no golpe  

Portal CTB

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.